O Último dos Canalhas - Loretta Chase


Livro: O último dos Canalhas.Autor (A): Loretta ChasePáginas: 304Editora: Arqueiro



O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.
Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.
Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.
Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


Este é o segundo livro da série "Canalhas" da autora Loreta Chase, o primeiro é  "O Príncipe dos Canalhas", que eu ainda não tive o prazer de ler. Esta foi uma leitura cheia de altos e baixos, me senti em uma montanha russa. Vou tentar explicar o porque para que os caros leitores entenda.



Neste livro somos apresentados a uma Londres, que vive seus tempos de promiscuidades e miséria, onde os mais afortunados tiram proveito de tudo e todos. Conheceremos alguns dignos senhores e senhoritas e outros nem tanto assim.

O canalha da vez é Vere Malorry, um duque que leva no sangue a sina de uma linhagem amaldiçoada, em terem uma morte prematura. Sabendo disse o galanteador resolve por aproveitar ao máximo cada segundo de sua breve passagem pela terra e ele faz de tudo para que está passagem não fique em branco. Conhecido por todas as cafetinas de Londres, por seus galanteios e generosidades para com elas, vai perder o rumo quando a bela Lydia Grenville cruzar o seu caminho.


Vere Aylwin Mallory era o último canalha da família. Com bem mais de 1,80 metro, era o mais alto de todos e, segundo alguns, o mais bonito, além do mais tresloucado. Tinha o denso cabelo castanho do pai e em seus olhos - que tinham o verde mais escuro da geração anterior - brilhavam séculos da malícia e da sedução que arruinara centenas de mulheres. Com quase 32 anos, ele já pecara bastante.

Lydia, uma jovem de 28 anos, jornalista de renome, com uma visão inovadora para a época em que vive. Luta constantemente pelo direito dos desprovidos da sorte que chegam em Londres para tentar uma nova vida.
Sempre a pensar nos outros, não possui nenhuma vaidade e após tentar ajudar uma jovem a escapar das garras de uma cafetina, acaba entrando em conflito com o Malorry, que sempre é notícias nos jornais por suas extravagancias. Essa que parecia ser apenas mais uma do despretensioso canalha, o torna chacota de toda população londrina, que sem ter com o que se distrair, ficam atentos aos acontecimentos da vida alheia .  O que ninguém imaginava é que toda a atenção seria voltada para jornalista, mas que com toda sua audácia acaba envergonhando Vere, a partir daí se inicia os conflitos entre os dois.


Ele não iria humilha-la publicamente. Ele seria a única testemunha de sua queda. Queda que envolveria, ele havia decidido, ela caindo em seus braços e em sua cama com ele.

Os "conflitos" são muito bem humorados e me fez lembrar bastante a peça teatral A Megera Domada, de William Shakespeare. Os dois ficam medindo forças o tempo todo e querendo provar sua superioridade sobre o sexo oposto. O casal desperta um no outro a raiva e o desejo, quando estão perto, sempre ficam com as emoções ao extremo.


Primeiro livro da série.




Lydia que também não consegue ficar sem se meter em uma boa encrenca para ajudar os outros, elabora uma plano mirabolante para recuperar as joias de sua jovem acolhida. As joias estão nas mãos da Cafetina e Lydia vai pedir ajuda justamente para Vere, o que acaba aproximando ainda mais os dois. O que ambos não sabem é que cada um carrega sua própria mascara, para esconder suas fragilidades, medos e fantasmas do passado.

Quando se dão conta de que existe um sentimento maior entre eles, ambos começam a procurar motivos que impeça este desejo de fluir . A jornalista sabe que não possui correndo em suas veias sangue nobre, o que não era conveniente em uma união com uma "realeza" e Vere por sua vez não tem o habito de se envolver com moças virgens que normalmente não tem experiência nenhuma com a "vida".







E ela lembrou a si própria que tipo de homem ele era.O tipo de libertino que despreza as mulheres.Uma vez usadas, não temos mais serventia.

Incapazes de manter a distância um do outro e sempre em busca de um encontro, os segredos começam a se revelar e claro que o inevitável vai acontecer.


Na verdade, os dois sempre haviam sido impiedosos um com o outro. Sempre tinham trocado insultos e socos. Era como se comunicavam. Era como expressavam afeto e compreensão.



De início foi uma leitura arrastada, não me cativou, não conseguia avançar, mas a medida que os personagens foram sendo apresentados e o enredo desenrolando me apaixonei completamente pelo livro.
Então chegou as últimas 20 páginas e lá vai eu pelo calvário novamente. O que não me atraiu muito foi o enredo para os coadjuvantes da estória, sem dúvida poderia ser mais elaborado, para se ter ideia, na minha opinião, a parceira inseparável de Lydia, Suzan, sua enorme cachorra, possui mais personalidade e é mais marcantes que os próprios personagens secundários. Alguns desfechos podiam ser mais desenvolvidos, mais trabalhados, acredito que faltou um pouquinho de emoção, foi tudo tão superficial para estes personagens. 

Em contra partida, temos o casal protagonista, que é pura emoção e adrenalina. São muito bem elaborados e um ponto alto para mim sem dúvida, é a personalidade Lydia. Ao contrário do que vemos nos romances de época, ela é forte e destemida, algo quase inaceitável para uma mulher naquele tempo. 
Não posso me esquecer da narrativa, que é gostosa e bem humorada. E por fim temos a boa e velha Londres. A destreza da autora em descrever com perfeição, mas sem excessos, os cenários em que se desenrola a trama, me fez viajar pelos becos londrinos. 

O desfecho do casal se da bem antes do termino do livro, o que é uma forma de escrita diferente da que estou habituada, em que o autor leva até as últimas páginas o mistério, será que os pombinhos ficarão juntos ou não?!

No contexto geral o livro tenta fugir dos romances clichês que lemos com frequência, ainda mais quando se trata de romance de época, tipo novelas das 6 e tenho que dizer que apesar dos altos e baixos da leitura, para mim funcionou, foi uma experiência e tanto. 



26 comentários:

  1. Parece ser bem interessante :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei mais do primeiro livro do que o segundo mesmo que na série original este seja o primeiro. Achei também que foi um pouco devagar mas depois me apaixonei pelos protagonistas e pela jornalista.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu gostei bastante desse livro, claro que o primeiro me prendeu mais, no entanto, curti bastante a leitura. Adorei a personalidade de Lydia. A narrativa é super divertida, e isso foi mais um fator positivo na história.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Quero ler esse livro, tenho ele aqui na minha estante e já li O Príncipe dos Canalhas e gostei bastante, no geral gosto da escrita da Loretta Chase.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito quando os romances de época trazem personagens femininas à frente de seu tempo.
    Acho que em todas as épocas existem pessoas assim como Lydia, rebeldes, que não seguem as normas, as conversões. Ainda bem, né?
    Mas uma pena que a leitura seja arrastada no inicio.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, que pena que em certos momentos e pontos a leitura não te agradou. Eu adorei o livro. Já tem um tempo que o li, mas lembro que me deliciei com o enredo e dei boas risadas.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii tudo bem ?
      Estou louca pra ler esse livro ainda n tivesse oportunidade , adorei a resenha.
      Bjjs

      Excluir
  7. Olá!
    Ahh que pena que não te cativou tanto esses dois livros. Sou suspeita pra falar pois adoro a Loretta Chase por conseguir colocar personagens fortes e narrativas cheias de embates cômicos.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oi, Camila

    Eu li o primeiro livro, mas não curti muito o estilo da autora. Tenho outros livros dela aqui e estou até enrolando pra ler exatamente por esse motivo! Hahahha
    Que bom que você curtiu apesar dos pesares. O que me atrai no enredo e essa "disputa" de força entre eles, mas não sei se lerei não...

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu tenho esse livro, mas ainda não tive tempo de ler. Não gosto muito de histórias arrastadas e acabei ficando com medo de não gostar do livro. Gostei da sua sinceridade e assim que puder vou tentar ler para ver se vou gostar.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Camila!
    Já li dois livros da autora e não curti muito a escrita dela. Sei lá, ela pode ter uma sacada de fazer vilões virarem anti-heróis (para não dizer mocinhos), mas o estilo da escrita dela não me agradou tanto. Tanto que tenho esse livro e não o li ainda. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu já li o primeiro livro dessa série e gostei, então estou curiosa para ler esse segundo, ainda mais que a Lydia parece ser uma personagem diferente das que já vi em romances de época. Pena que não tenha curtido tanto o livro.

    ResponderExcluir
  12. Oiii Camila

    eu fico feliz em saber que o livro tenta escapar dos clichês de sempre, isso já é um ponto à favor. O casal protagonista ser assim interessante outro grande ponto. Pena que faltou maior desenvolvimento e carisma aos outros personagens, e esses altos e baixos durante a leitura são complicados mesmo. De momento o gênero não me atrai nem um pouco, mas quem sabe futuramente...

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada da autora e com certeza não foi por falta de indicações e elogios. Apesar de adorar romances, li pouquíssimos históricos e acho que quero entrar de cabeça neste gênero por esta serie. Acho que vou adorar, do primeiro volume ao ultimo!!! Espero poder fazer isso em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Camila,
    pra mim, é extremamente difícil gostar de um livro que não me prende desde o inicio, mas que bom que você acabou gostando no final.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Camila,
    Comecei a ler o primeiro livro dessa série e não consegui desenrolar por conta de lentidão que a história possui de cara, sabe? Percebi que o mesmo acontece nesse segundo volume e isso não me animou em nada, entretanto, apesar disso, a protagonista parece ser incrível e me lembrou um pouco a Lizzie de Orgulho e Preconceito. Acho que vou me arriscar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bem?
    Sempre tive curiosidade sobre a Londres de miséria, só vi essa realidade em jogos e filmes, nunca em livros (ainda).
    Fiquei curiosa sobre a premissa, mas gosto de personagens carismáticos que encantam, então não sei se daria uma chance a leitura :/
    Mas adorei sua resenha! <3

    ResponderExcluir
  17. Ahh como eu amo romances de época! Esse da Loreta eu ainda não li mas está na listinha. Já vi que vou morrer de amores por Vere e fico feliz em saber que mesmo a leitura tendo começado arrastada e a obra tendo seus altos e baixos, consegue fugir do clichê. Um motivo a mais para eu querer ler.


    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Esse livro aprece bem interessante, não o conhecia e agora estou bem curiosa para ler, estou fazendo uma lista de livros e seu post me ajudou, obrigada!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  19. Eu amo a escrita da Loretta, comecei a ler ela pela série das modistas e quando li O príncipe dos canalhas me encantei muito com esse galã todo diferentão (que não tem nada de galã hahahah)
    Quero muito ler o ùltimo dos canalhas, pela sua resenha deu pra ver que é tão bom quanto

    ResponderExcluir
  20. Oi Camila,
    li o príncipe dos canalhas a algum tempo e me apaixonei completamente pela história e pela escrita da autora, me prometi ler esse mas com o passar do tempo e os inúmeros novos lançamentos ocupando meu tempo e minha lista de leitura acabei esquecendo e negligenciando esse título, ler sua resenha hoje despertou meu desejo adormecido de ler esse livro e agora pretendo correr atrás do tempo perdido e me permitir conhecer mais essa história que creio gostarei bastante.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  21. Oi Camila.

    Eu não tenhp este livro e nem o livro anterior, mas tenho muita vontade de lê-lo por causa das resenhas que já li e foram positivas. Ainda mais se tratando de romance de época, pois tenho pouco livros do gênero. Como nunca li nada da autora será uma boa oportunidade para conhecer a escrita dela, o que deixou um poquinho com receio é a leitura ser arrascada.Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  22. Ooie, tudo bem?
    Nunca ouvi falar desse livro porque é um gênero que não me atrai :(
    Infelizmente a premissa não me da aquele calorzinho no coração sabe? Mas adoro ver alguém falar de um livro tão bem e ver que gostou.
    Parabéns pela resenha e pelo blog <3

    ResponderExcluir
  23. Oii
    Não sou uma grande fã de romances de época, pois sempre os acho pouco críveis, mas adorei sua resenha e saber que o livro é divertido já me dá uma enorme vontade de lê-lo. Gosto de rir durante as leituras, torna a história bem mais agradável. Também não li o primeiro livro, mas pelo jeito não faz falta para o entendimento da história deste né?
    Quem sabe um dia eu ainda o leia. =)

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  24. Olá,

    Eu li o volume anterior e estou doida por esse, já faz um booom tempo que ele está na minha wishlist. Adoro a escrita da Loretta, por tudo o que acompanho sei que não é um autora que muitos gostam, mas a mim, ela encanta. Estou muito curiosa para saber o que irei encontrar nesse livro, a maior razão disso é por você ter dito que o livro é uma montanha russa, e eu sinceramente adoro livros repletos de emoções.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oiee Camila ^^
    Eu sou tão apaixonada pelo modelo dessa capa kkkk' ♥
    Gostei muito do livro, na verdade, acho que gostei mais dele do que do primeiro! Me apaixonei pelos personagens e adorei a maneira como a autora foi desenvolvendo a história, e a Lydia é simplesmente incrível, né?
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu.